25/04/15

A Mediação na Escola – Apostar na Prevenção



O conflito é algo natural, que está constantemente presente na nossa vida e, desta forma, também na escola. Existem conflitos nas aulas, na sala de professores, na cantina, nos corredores, nos recreios… O que muitas vezes não vemos é que o conflito que acontece a todos os momentos na escola é uma oportunidade que todos temos para aprender e para crescer. Se formos capazes de ver o conflito como algo positivo, podemos também ser capazes de encontrar respostas mais eficazes e produtivas.

A mediação de conflitos pode definir-se como um processo pelo qual uma terceira pessoa, neutra (o mediador), ajuda as partes em conflito a alcançar voluntariamente um acordo mutuamente aceitável. É um processo essencialmente focado na comunicação e no diálogo, para que possa haver uma compreensão do ponto de vista do outro, das suas necessidades, interesses e sentimentos. Assim, a mediação escolar representa uma oportunidade privilegiada não só para prevenir a violência, mas também para promover a aprendizagem de competências sociais fundamentais que melhorem a convivência na escola.

Felizmente, as escolas portuguesas começam a despertar para a importância da mediação, quer através da formação de professores e assistentes operacionais, quer através da contratação de mediadores, técnicos especializados em mediação escolar, que implementam diversas atividades nas escolas em que estão inseridos. Assim foi comigo. Após ter concluído a especialização em Mediação Escolar, em 2011, dediquei-me à formação de professores nesta área e este ano tive a maravilhosa oportunidade de ser mediadora num agrupamento de escolas da zona centro. Esta tem sido uma experiência que me tem feito crescer e evoluir como técnica, mas sobretudo como pessoa. E é essa experiência que me proponho partilhar neste espaço, com todos aqueles que acreditam que a escola pode e deve ser um espaço de muito mais humanidade, paz e diálogo. Porque “a paz não é um conceito a ensinar, mas uma realidade a viver”.

Publicado no ComRegras

Sem comentários:

Enviar um comentário