04/12/14

Regressar a Arouca


O meu avô dizia sempre que Arouca era uma terra especial porque tinha o Convento de Santa Mafalda (e piscava-me o olho a dizer que eu também era uma princesa). Na altura era tão raro conhecer alguém com o meu nome, para além da Mafalda do Quino, que estas palavras eram sempre mágicas. Quando surgiu o convite para ir a Arouca falar sobre família sorri. Acredito que nada acontece por acaso.

No workshop de "Coaching para Pais e Educadores" partilhámos angústias, receios, dúvidas, mas também e sobretudo alegrias, esperanças e respostas (as de cada um). Com um acolhimento irrepreensível, carinhoso e atento aos mais pequenos detalhes, que transformou esta tarde num momento que me ficará guardado com muita ternura na memória. E no fim do dia, ao despedir-me de Arouca em silêncio, o céu sorriu cheio de cor.  

Um agradecimento muito especial à fantástica equipa do CLDS Arouca Inclui. Vocês são fantásticas!

Sem comentários:

Enviar um comentário