07/07/14

Not all those who wander are lost*


Ainda não consigo descrever o dia que vivi em Gourim. Mas foi profundamente renovador. Cheguei ao fim do dia completamente exausta, é verdade, mas com a sensação de trazer a alma limpa, leve, serena. Recebi e dei amor, ouvi, contemplei. Senti o silêncio e o isolamento do mundo. Mas também a mão amiga de alguém sempre por perto. Partilhámos o que somos e o que não sabemos que somos, demo-nos, entregámo-nos, fomos. Superámo-nos.
Este foi um workshop muito especial. Podia-lhe chamar mais um momento de partilha de dúvidas e certezas. Será que sabemos verdadeiramente quem somos?... Será que algum dia vamos saber? Questionar não significa que estejamos perdidos, às vezes é antes uma confirmação do que já sabemos e sentimos.
À Maria, a minha admiração pela coragem, determinação e capacidade de sonhar o seu "lugar do reencontro".
À Romana e à Marina, da Word of Women, o meu carinho e gratidão por me porem no caminho de pessoas tão maravilhosas.
A todos os que partilharam este dia comigo, o meu abraço amigo e verdadeiro.


*Do poema "All That is Gold Does Not Glitter", de J. R. R. Tolkien


Sem comentários:

Enviar um comentário