06/03/14

Filtros

Devíamos experimentar usar o "exame do triplo filtro", antes de dizermos algo sobre o outro...

«Um dia, um homem interpelou Sócrates e disse-lhe:
- Sabes o que ouvi sobre um amigo teu?
- Espera um minuto - replicou Sócrates. Antes de me dizeres, quero colocar-te algumas questões. Um processo que intitulo de Exame do Triplo Filtro.
- Triplo filtro? - respondeu o outro.
- Correto - continuou Sócrates. Antes de me falares do meu amigo, pode ser uma boa ideia filtrar três vezes o que vais dizer, é por isso que lhe chamo o Exame do Triplo Filtro.

1.º Filtro
- O primeiro filtro é a Verdade. Estás absolutamente seguro de que o que me vais dizer é verdade?
- Não - respondeu o homem - realmente só ouvi dizer isso e...
- Está bem - disse Sócrates. Então realmente não sabes se é verdade ou não.

2.º Filtro
- Agora permite-me que aplique o segundo filtro. O filtro da Bondade. Aquilo que me vais contar sobre o meu amigo é algo de bom?
- Não, pelo contrário... - respondeu o homem.
- Então, queres-me contar algo de mal sobre ele, mas não estás certo de que seja verdade...

3.º Filtro
- Falta agora o filtro da Utilidade. Servir-me-á para alguma coisa aquilo que me queres contar sobre o meu amigo? - perguntou Sócrates.
- Não, a verdade é que não...
- Então - concluiu Sócrates - se o que desejas contar-me não é certo que seja verdadeiro, não é bom, e inclusivamente não me é útil para nada, porque haveria eu de querer tomar conhecimento disso?»

(in "Ferramentas de Coaching")


Sem comentários:

Enviar um comentário