06/02/14

Durma!


O nosso corpo tem o seu ritmo próprio, muitas vezes alterado por aquele que a vida atual impõe. Mas será que impõe ou seremos nós que nos deixamos levar, quase como se não tivéssemos controlo sobre nós próprios? Seja como for, é importante que reaprendamos a ouvir o nosso corpo. Tantas vezes ele chama por nós e nos pede descanso... Mas nós continuamos. Porque não pode ser, porque não temos tempo, porque agora não dá jeito, porque há sempre qualquer coisa mais para fazer. E depois vêm alguns sintomas que atribuímos a qualquer outra coisa. Dores de cabeça, mal-estar, exaustão, desânimo, fraqueza. Lá está o nosso corpo a chamar por nós. Os estudos levados a cabo pela Professora Teresa Paiva têm demonstrado que, de uma forma geral, os portugueses dormem pouco e mal, com todas as consequências que este dado implica, quer a nível de saúde mental, quer a nível de produtividade. Quebre o ciclo da loucura dos dias. Desligue o computador mais cedo, esqueça a televisão, aninhe-se na sua cama e durma! Dê descanso a si mesmo! Respeite o seu corpo e o seu ritmo. Recarregue energias. Verá que se sente muito melhor... E depois, desfrute do resultado!

Sem comentários:

Enviar um comentário