10/02/14

Caminhos


A estrada é longa e sinuosa. Não sabemos bem onde termina nem o que vamos encontrar até lá chegar. Curvas, contracurvas, buracos, obras. Dizem-nos que é preciso estarmos preparados. Mas nem sempre estamos. A verdade é que nem sempre estamos. Às vezes encontramos o semáforo no vermelho tempo demais, um sinal de sentido proibido que não tínhamos previsto, um beco sem saída. E temos medo. E isso não tem mal nenhum. Ter medo faz parte. Nesses momentos, respirar fundo é a melhor solução no imediato. Depois, com calma, olhar à nossa volta, ver que caminhos alternativos existem e escolher um. E ir. Com toda a fé, força e esperança. Mesmo que tenhamos medo. Mas ir!

1 comentário:

  1. tao eu...neste texto. tao eu! obrigado! ( embora muitas vezes eu nem sei tenha ido...ou ficando tenha sido ir...)
    Mary
    www.bandagastricamente.blogspot.com

    ResponderEliminar