20/01/14

Conflito


Um conflito é algo natural, inevitável e acontece em todos os contextos e relações, mesmo naquelas que podemos considerar mais harmoniosas. Então porque é normalmente encarado como algo tão negativo e a evitar? Parece-me que terá a ver com a forma como se pensa e sente um conflito e não com o conflito em si. Na grande maioria das situações, as emoções associadas a um conflito são negativas: raiva, tristeza, medo... Isto faz com que temamos o conflito e que o tentemos evitar, quase como se nos tentássemos proteger dos seus efeitos nefastos. Mas a verdade é que nem sempre um conflito é negativo. Muitas (e tantas) vezes, ele torna-se uma oportunidade de crescimento e de evolução ou de descoberta de novas e mais criativas soluções. O que seria das relações, das organizações e do mundo sem conflitos?
A boa notícia é que a forma como olhamos para eles pode mudar e, dessa forma, mudará também a nossa postura e a nossa atitude numa situação de conflito. Estar disponível e aberto para ouvir o ponto de vista do outro, aceitar que somos todos (tão) diferentes e respeitar são três passos essenciais para gerir de forma mais positiva as situações de conflito. Vamos experimentar?

Sem comentários:

Enviar um comentário